top of page
e-readers kindle amazon
  • Foto do escritorCanal Sonho Grande

Rodadas de Investimento de Startups

Atualizado: há 2 dias

O objetivo de uma startup é encontrar uma solução que atenda a demanda de um mercado, ou seja, alcançar o product-market fit, para depois buscar a aceleração do seu crescimento.


Para crescer, além de conhecimento e muito trabalho, é fundamental chamar a atenção de investidores para promover ações de crescimento, como aumento de equipe, ações de marketing e vendas e desenvolvimento de novas tecnologias.


Porém, a necessidade de capital a ser investido de uma Startup que ainda não tem bem definido seu modelo de negócio é muito diferente de uma que já está consolidada.


Para cada estágio há diferentes nomes para os investimentos e, obviamente, grandezas de valores diferentes.


rodadas de investimento de startups

Tipos de rodadas de investimentos


Pre-Seed


O investimento Pre-seed basicamente ocorre quando a Startup está dando seus primeiros passos e geralmente já:

  • Criou um MVP (Minimum Viable Product) que funciona adequadamente.

  • Identificou um possível mercado e como alcançá-lo.

Esse tipo de investimento costuma ser realizado por familiares, amigos, outros empreendedores ou aceleradoras. Como pode perceber esse tipo de investimento é feito por pessoas físicas, e o grupo de investidores mais famoso desse tipo se chama Investidores Anjo.


Investimento Anjo são pessoas físicas que aportam capital próprio em empresas novas com alto potencial de crescimento.


Esses investidores também costumam auxiliar com conhecimento e experiência, atuando como conselheiros com participação minoritária da empresa, mas não como executivos contratados.


Para diluir os riscos, esse tipo de investimento costuma ser realizado em grupos. Para que a negociação seja mais célere é definido um ou dois investidores líderes (Lead Investors), os quais realizam a pré-avaliação do projeto e negociação com o empreendedor previamente a apresentação aos demais integrantes do grupo.


O investimento Pre-Seed possui um valor médio entre US$ 50 mil e US$ 250 mil.


Seed


Investimento Seed é um investimento destinado a Startups que já deram seus primeiros passos e que geralmente:

  • Atingiram um certo grau de Product-Market fit e, consequentemente, estão iniciando a alavancar suas vendas.

  • Formaram uma equipe muito qualificada para alavancar o negócio.

Esse tipo de investimento costuma ser realizado por fundos de investimento, os quais captam investimentos de outros investidores e investem em diversas empresas em estágio inicial a fim de diminuir os riscos.


O valor do investimento Seed pode variar entre US$ 500 mil e US$ 2 milhões.


Série A


Investimentos Série A são voltados para Startups que já possuem um modelo de negócio consolidado e já demonstraram grande potencial de crescimento. Os valores geralmente são destinados às empresas que tem o objetivo de impulsionar a produção, expandir a atuação no mercado e até lançar novos produtos.


Investidores costumam ser Fundos de Venture Capital, que não estão olhando apenas para boas ideias, mas sim para boas estratégias para garantir que a empresa seja um sucesso.


Os investimentos Serie A costumam estar entre US$ 2 milhões e US$ 15 milhões, mas esse número tem crescido devido ao valor de mercado de empresas de tecnologia e unicórnios. Em 2020, a média de investimentos Série A foi equivalente a US$ 15,6 milhões.


Série B


Investimentos Série B são buscados por empresas com mercado e base de clientes bem estabelecidos, logo o valor desse investimento é destinado para melhorias em processos, recrutamento de novos talentos, criação de novos departamentos e continuidade da expansão da empresa.


Assim como na Série A, investidores de Venture Capital são os principais em rodadas Série B.


Série C


Investimentos Série C geralmente estão atrelados a empresas que já são bem sucedidas e visam expansão internacional, aumentar valor de mercado antes do IPO (Initial Public Offering) ou aquisições.


Investidores de Venture Capital também participam de rodadas Série C, porém há a presença de Bancos de Investimentos, Hedge Funds e Fundos de Private Equity, dado que a empresa já mostrou ser um sucesso e trazer maior confiança para os investidores.



Comentarios


bottom of page