top of page
e-readers kindle amazon
  • Foto do escritorCanal Sonho Grande

5 maiores investimentos de venture capital da história

Atualizado: 8 de nov. de 2022



O que é venture capital


Uma das maiores máximas do mundo dos investimentos é o conceito de Risco e Retorno: Quanto maior o risco, maior o retorno.


E se existe um tipo de investidor que entende bem disso, são os investidores de Venture Capital: fundos especializados em investir em startups ainda em estágio inicial, com alto potencial de crescimento.


No mundo do altíssimo risco do venture capital, a cada 10 empresas investidas, 8 costumam quebrar, acabando com todo investimento feito, 1 costuma ter algum sucesso moderado, e uma… bom, essa uma precisa ser um verdadeiro golaço. Essa 1 empresa precisa gerar ganhos gigantes para compensar as perdas de todas outras empresas.


Nesse post, vamos falar sobre os 5 melhores investimentos de venture capital de todos os tempos, e você verá por que essa forma de investimento gera retornos aproximadamente 2x maiores que o mercado na bolsa de valores.


Se você curte esse tipo de conteúdo e quer nos ajudar a produzir cada vez mais conteúdo de qualidade, não deixe de se inscrever no nosso canal do youtube.


5 maiores investimentos de venture capital da história


#5: Accel & Facebook


Fundado em 2004 nos dormitórios de Harvard, o então chamado "thefacebook" era uma rede social em que apenas estudantes universitários podiam se inscrever. A companhia inicialmente teve um aporte inicial de US$500k de Peter Thiel, um dos cofundadores do Paypal, e em 2005 precisava levantar uma rodada de investimentos maior para acelerar o crescimento.


Embora ainda fosse uma rede social pequena, a Accel partners viu grande potencial na ideia e investiu US$12,7M, a um valuation de US$87,5M - valor que até mesmo o já investidor Peter Thiel acreditava ser muito alto para a Startup.


Claramente a Accel estava certa. Em 2012, o IPO do renomeado Facebook avaliava a empresa em US$104B, dos quais US$9B pertenciam a Accel, multiplicando o valor investido em mais de 700x em 7 anos, um retorno anual de 155%!


#4: Kleiner Perkins & Google


Fundado em 1998 por Larry Page e Sergey Brin, 2 estudantes de doutorado em Stanford, o Google precisou levantar capital 1 ano mais tarde e 2 fundos de investimentos fizeram as escolha certa em acreditar na ideia do novo motor de buscas para internet: A Sequoia Capital e a Kleiner Perkins Caufield & Byers.


Cada uma das empresas aportou US$12,5M no Google 1 ano antes do estouro da bolha da internet que levou grande parte das startups naquele momento à falência.


Os aportes dos dois fundos foram importantes para manter o Google em operação plena, e o resto é história… Em 2004 o Google fez seu IPO na Nasdaq a um valor de mercado de US$23B, com US$4,3B de cada um dos dois fundos que haviam acreditado na empresa - multiplicando o valor investido em mais de 300x em apenas 5 anos, um retorno anual de aproximadamente 220%.


#3: Sequoia & Whatsapp


Normalmente, quando os investidores em estágio inicial investem dinheiro em uma empresa, eles querem atrair investidores adicionais para aumentar a agitação e validar seus investimentos. As startups podem acabar levantando dinheiro com até cinco ou seis fundos diferentes em uma mesma rodada de investimentos.


Não foi o que os fundadores do Whatsapp, Brian Acton e Jan Koum fizeram. Desde o início até a venda da empresa para o Facebook, o Whatsapp teve apenas 1 investidor externo: A Sequoia Capital, um dos fundos de Venture Capital mais famosos da história, que financiou empresas como a Apple, Google, Oracle, Youtube, Paypal, Instagram, entre outros.


A Sequoia investiu US$8M no Whatsapp em 2011 e mais US$52M em 2013, totalizando US$60M ao todo - mesmo para uma empresa que praticamente não gerava receita nenhuma.


Mas a estratégia funcionou - Em 2014, quando o Facebook adquiriu o Whatsapp por US$22B, os US$60M da Sequoia valiam mais de US$3B, multiplicando o valor investido em 50x em apenas 3 anos, um retorno anual de aproximadamente 260% ao ano!


#2: Benchmark & Snap


Você pode até não ter mais o Snapchat instalado no seu celular e achar que o app foi completamente substituído pelas novas features do Instagram. Mas o sucesso repentino do Snap foi uma otima aposta para o melhor fundo de venture Capital de todos os tempos - A Benchmark.


O fundo investiu US$13,5M na startup no final de 2012, acreditando o aplicativo poderia se tornar um sucesso global, e não apenas um aplicativo passageiro para adolescentes.

Para os investidores da Benchmark, estava claro que Evan Spiegel e Bobby Murphy, fundadores do Snapchat, tinham características muito similares a aquelas que levaram o Facebook, Instagram e o Twitter ao sucesso.


Em março de 2017, o Snap fez seu IPO a um valor de mercado de US$25B, multiplicando o valor investido pela Benchmark 237x, com um retorno médio de aproximadamente 290% ao ano!


#1: Benchmark & Ebay


Em 1997, o eBay, que havia sido fundado em 1995, ainda era uma pequena startup que, como as outras, pedia dinheiro mês após mês. Neste mesmo ano, a Benchmark, que havia sido fundada 2 anos antes, decidiu investir US$6,7M no eBay, avaliando a empresa em US$20M.


Apenas 2 anos depois, o eBay fez seu IPO e as ações logo dispararam, com o valor de mercado do eBay chegando a US$26B. Com isso, as ações detidas pela Benchmark, o único investidor do eBay até então passaram a valer mais de US$5B.


O valor investido de US$6,7M se multiplicou por aproximadamente 750x em apenas 2 anos - um retorno anual de 2632% a.a. e, de longe, o melhor investimento da história.


Se você gostou desse conteúdo não deixe de se inscrever no nosso canal do youtube! lá falamos sobre muitos outros assuntos relacionados ao mundo do empreendedorismo.

Comentários


bottom of page